Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Notícias nacionais / Ato na Prefeitura de Duque de Caxias

Ato na Prefeitura de Duque de Caxias

por mncr — publicado 15/05/2008 15h40, última modificação 09/02/2012 11h12
O MNCR fez uma manifestação em frete a Prefeitura de Duque de Caxias
Ato na Prefeitura de Duque de Caxias

Ato na Prefeitura de Duque de Caxias

No próximo dia 10 de Abril, quinta-feira, o MNCR fará um manifesto em frete a Prefeitura de Duque de Caxias. Alguns argumentos que justificam a ação direta do movimento dos catadores na Prefeitura são:

 
1º) Descumprimento pela Prefeitura quanto ao respeito ao espaço destinado ao Polo de Reciclagem, que há uma ano foi cedido através de Termo de Cessão de uso, pois há um real interesse em loteá-lo com vários projetos de interesse diversos (Feira de Malhas, Casa Populares, etc)

 
2º) A Prefeitura não concluiu as obras de saneamento e pavimentação do espaço onde esta instalado o Polo, conforme previa os acordos escritos e falados pelo Prefeito.

 
3º) Não estabelecimento de parceria em diversos projetos sócio-educativos e culturais do Município.

 
4º) Inexistência de Projeto de Coleta Seletiva que privilegie os catadores e garanta  manutenção de trabalho e renda.

 
5º)Não atendimento aos pedidos formais realizados pela Associação para realização de reuniões na busca de soluções para o total descompromisso da Prefeitura para com os catadores.

Veja mais fotos

MNCR - RJ

Outras informações

Catadores protestam em Caxias

 

Publicada em 10/04/2008 Jaciara Moreira - O Globo

RIO - Integrantes da Associação dos Catadores do Aterro Metropolitano do Jardim Gramacho (ACAMJG) fazem, neste momento, uma manifestação em frente à prefeitura de Duque de Caxias, que fica no Jardim Primavera. O protesto é contra as obras que foram autorizadas pelo prefeito Washington Reis no pólo de reciclagem, na Rodovia Washington Luiz.

 

Segundo os catadores, Reis assinou, em abril do ano passado, um convênio com a ACAMJG, a Comlurb e o Ministério do Meio Ambiente se comprometendo a ceder o pólo para uso exclusivo da associação, a realizar obras de saneamento e pavimentação no local e a implantar a coleta seletiva na cidade. No entanto, a presidente da ACAMJG, Glória Cristina dos Santos, acusa o prefeito de descumprir o acordo, além de lotear a área do pólo. 

Os 150 catadores do aterro de Gramacho estão em frente à prefeitura desde às 7h da manhã, mas ainda não foram recebidos pelo prefeito. Eles avisam que daqui a pouco vão seguir em carreata para o pólo, onde pretendem impedir a continuação da obra. "Ninguém vai bater mais um prego lá enquanto o prefeito não receber a gente", sentencia Glória.


Navegação