Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Notícias nacionais / Lixão é fechado e catadores lutam pela sobrevivência

Lixão é fechado e catadores lutam pela sobrevivência

por mncr — última modificação 28/03/2011 15h27
Prefeitura de Recife não cumpre promessa de atender os catadores
Lixão é fechado e catadores lutam pela sobrevivência

Catadores fecharam entrada de aterro em protesto.

Nas ultimas semanas o poder público vem proibindo os catadores do lixão da Muribeca de coletarem no lixão. Cerca de 900 catadores de Recife e Jaboatão dos Guararapes foram atingidos pela ação. Os catadores estão sendo impedidos de coletar sem que o poder público ofereça a devida assistência a esses trabalhadores.

Segundo José Cardoso, representante do MNCR na região, a Prefeitura de Recife não tem cumpridos os acordos firmados com o movimento e  não tem ações de inclusão dos catadores e alternativa de trabalho. “Conseguimos reivindicando com a Prefeitura de Jaboatão, um jeito de articular os companheiros da cidade para fundar uma cooperativa pra inseri-los na coleta seletiva, para desse forma podermos organizar os companheiros de Recife em manifestações junto a Prefeitura” declarou Cardoso.

muribecaNo acordo a Prefeitura de Jaboatão de comprometeu com a inclusão de 400 catadores e a Prefeitura de Recife com mais 500 catadores, no entanto, a ultima não tem cumprido a promessa.

Há anos os catadores do lixão da Muribeca tem lutado para manter o direito de trabalhar e ter condições seguras de exercer a atividade. Na região nordeste é grande o numero de famílias que trabalha em lixões a céu aberto. No Pernambuco o MNCR tem percorrido todo o Estado diagnosticando suas bases para a construção de uma rede de cooperativas.

 

Assista reportagem de jornal local.

registrado em:

Navegação