Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Notícias nacionais / Dilma recebe reivindicações de catadores e população de rua na Expocatadores 2014

Dilma recebe reivindicações de catadores e população de rua na Expocatadores 2014

por FBPress — publicado 04/12/2014 11h55, última modificação 19/12/2014 11h30
Catadores pediram nova equipe afinada com as necessidades dos movimentos
Dilma recebe reivindicações de catadores e população de rua na Expocatadores 2014

Reunião entre representantes do MNCR e MNPR e a Presidenta Dilma. Fotos: Paulo Lopes

04-12-2014

No ultimo dia da Expocatadores 2014, dia 03/12, aconteceu a  tradicional Solenidade de Natal dos catadores e da população em situação de rua, com presença de Dilma Rousseff. Após participar de reunião com o MNCR e Movimento Nacional da População de Rua, onde recebeu as pautas de reivindicações para a sua próxima gestão, a presidenta ocupou o palco da Plenária principal ao lado de diversas autoridades e enfatizou o padrão de organização conquistado pelo Movimento ao longo dos últimos anos.

Roberto Laureano, representando o Movimento Nacional dos Catadores de Material Recicláveis (MNCR), reiterou que o Movimento acredita e defende o atual projeto político federal. “É a presidência olhando para nós, mostrando que existimos. Queremos que os catadores continuem sendo protagonistas desse processo e que os municípios não precisem pensar em incineração”.

O representante do MNCR também agradeceu a “audácia” da presidenta ao dizer não à prorrogação do fim dos lixões. “Isso é a demonstração de que o Governo está conosco”.
Laureano aproveitou a oportunidade para destacar pontos fracos do Cataforte III, programa de fortalecimento das cooperativas e associações lançado em 2014. “Precisa ser desburocratizado, temos que ajudar os catadores a acessar esses recursos com mais rapidez”, defendeu.

Dilma reconheceu que ainda há um caminho de aperfeiçoamento a ser percorrido por todos os agentes do Programa, mas reafirmou as conquistas já obtidas. “Acredito que nós atingimos um padrão importante. O Cataforte tornou o Brasil diferenciado no mundo em relação aos resíduos. É cada vez mais importante darmos continuidade a ele”. Para ela, as cooperativas devem ter a mesma importância econômica que as pequenas empresas e o engajamento das prefeituras é essencial para o sucesso das políticas públicas de resíduos em âmbito nacional.

A chefe de Estado também homenageou Matilde Ramos, presidente da Cooperativa de Ourinhos, a primeira do Brasil a ser contemplada pelos recursos do Cataforte III. “A Dilma está mais próxima de nós e deixou claro a vontade de continuar apoiando os catadores”, comemorou.
Londrina (PR), Brazópolis (MG), Santa Cruz do Sul (RS) e Manhumirim (MG) foram os vencedores do Prêmio Cidade Pró-Catador, iniciativa que reconhece experiências vitoriosas nas cidades brasileiros. Os troféus foram entregues ao poder público e catadores destes municípios.

Já o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, reforçou a importância do investimento de R$ 42 milhões do BNDES para São Paulo reformar centrais de triagem e cooperativas. “A cidade está fazendo um grande esforço, alinhado à Política Nacional. A meta é reciclar 10% de todo o resíduo sólido até 2016”.

Catadores pediram nova equipe afinada com as necessidades dos movimentosUm dos pontos altos da cerimônia foi a entrega de certificados de formação pelo Pronatec a pessoas que se beneficiaram diretamente da modalidade “Pronatec Pop Rua”, criada em 2014 com 980 vagas ofertadas. “Tenho muito orgulho de ter alunos da população de rua diplomados pelo Pronatec", exaltou a presidenta ao reafirmar o compromisso com a população em situação de rua, por meio de instrumentos como o Centro Nacional de Defesa dos Direitos Humanos para a População de Rua. “Continuaremos apoiando essa arma de luta contra a violência”.

Durante a cerimônia foram assinados cinco atos:
1. Acordo de Cooperação para Lançamento do Pronatec Catador, com bolsas de formação prioritárias a catadores de materiais recicláveis;

2. Contrato das Bases de Serviço do Cataforte – Negócios sustentáveis em redes solidárias, com investimento de R$ 200 milhões em assessoria técnica, capacitação e infraestrutura de redes solidárias;

3. Termo de adesão do governo do Estado da BA e da prefeitura de Rio Branco (AC) à Política Nacional Para População em Situação de Rua, criada em 2009;

4. Convênio para o Fomento da Economia Solidária como Estratégia de Inclusão Socioeconômica e de Autonomia da População em Situação de Rua, que faz parte da ação na qual a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho e Emprego disponibilizou 13 milhões de reais para fomento a empreendimentos econômicos solidários constituídos por população em situação de rua, com impacto direto em mais de 10.500 pessoas, em sete capitais brasileiras.

5. Decreto do Programa de Educação Ambiental e Comunicação Social em Resíduos Sólidos do Município de São Paulo.

Ao encerrar a Solenidade, Dilma enfatizou que a concepção do seu governo é proporcionar direitos e oportunidades iguais a todos os brasileiros. “Vocês são parte da proposta-mãe do Governo Federal, que é crescer garantindo a inclusão. Por isso o trabalho de vocês será cada vez mais importante”, garantiu. “Vocês trabalham no que é descartado, no que é passado, mas também na possibilidade de construir um futuro melhor. Por isso, digo que vocês são os ‘Catadores de Futuro’!”, finalizou, aplaudida e ovacionada de pé pelo público.

 

Confira as fotos da Expocatadores 2014

 


 

Confira toda a cerimonia no video

Confira o discurso da Presidenta Dilma Rousseff na integra:

registrado em:

Navegação