Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Blog Sudeste / Incêndio atinge cooperativa histórica, mas catadores lutam para manter atividade

Incêndio atinge cooperativa histórica, mas catadores lutam para manter atividade

por Setor de Comunicação MNCR publicado 15/01/2016 16h10, última modificação 15/01/2016 16h12
Colaboradores: Samuel Ferreira
Cruma tem cerca de 20 anos e grande reconhecimento da sociedade

O ano se abriu em meio a uma tragedia e colocou os catadores e catadoras em reflexão. No dia 11 de janeiro uma das mais antigas bases do MNCR*, a CRUMA – Cooperativa de Reciclagem Unidos Pelo Meio Ambiente, sofreu um incêndio que destruiu completamento seu galpão localizado no município de Poá, região metropolitana de São Paulo, atingindo 3 caminhões que ficaram completamente carbonizados, além de prensas, esteira, empilhadeira e outros equipamentos de beneficiamento e reciclagem de materiais recicláveis. Cerca de 40 famílias perderam todo seu patrimonio adquirido ao longo de 20 anos de trabalho.

Mesmo desolados os catadores e catadoras não se deixaram abater e foram a luta em busca da reconstrução do galpão e retomada das atividades de coleta seletiva. No dia seguinte ao incêndio os catadores e catadoras realizaram uma ocupação na Prefeitura de Poá em busca de ajuda para continuar a atividade. Com a ação os catadores foram recebidos pelo Prefeito da cidade e garantiram a limpeza emergencial do local e destinação dos resíduos incinerados.

Junto com a tragedia, que repercutiu na mídia do Brasil e fora do país, também assistimos a solidariedade da sociedade ao trabalho dos catadores e catadoras da Cruma, que ao longo de sua trajetória de 20 anos sempre se preocuparam em se relacionar com a população atendida pelo seu trabalho por meio de campanha de educação ambiental e divulgação de sua atividade no município. Logo que souberam da destruição do galpão, pequenos empresários da sorveteria ‘El Sabor Paleteria’ realizaram três dias de vendas em que os resultados seriam integralmente doados a Cruma. Moradores da cidade também se mobilizaram para arrecadar dinheiro e alimentos para a cooperativa e divulgam a campanha por meio da hastag #crumacontecomigo. 

A Cruma se preocupara com segurança

Apesar da rápida chegada do Corpo de Bombeiros, que demorou cerca de 15 minutos, e da ação de vizinhos que buscaram conter as chamas, o fogo se espalhou rapidamente pelo galpão que estava equipado com itens de segurança como extintores de incêndio novos, placas de sinalização e proibido fumar, marcação no piso para sinalização de saídas de emergência e fácil localização dos extintores. Os cooperados da Cruma também receberam treinamento para uso dos equipamento de segurança recentemente. Nada disso foi suficiente para evitar essa tragedia.

 

Incendio na Cruma

 

Publicado por Mncr- Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis em Terça, 12 de janeiro de 2016
 


Exterior e Interior da Cooperativa Cruma após o incêndio, ocorrido no dia 11 de janeiro. Lamentável!

Publicado por Samuel Ferreira em Terça, 12 de janeiro de 2016

Momentos de tristeza, mas também de muitas Lltas e solidariedade!!!!!!

Publicado por Mncr- Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis em Quarta, 13 de janeiro de 2016
registrado em: ,

Navegação