Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Blog Sudeste / Catadores do Alto Tietê negociam com Consórcio de Municípios

Catadores do Alto Tietê negociam com Consórcio de Municípios

por Setor de Comunicação MNCR publicado 14/11/2017 12h18, última modificação 14/11/2017 12h18
Associação assinou termo de cooperação com o Condemat

Catadores ligados ao MNCR estão em diálogo com o Condemat – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê para elaboração do Plano Regional de Gestão de Resíduos Sólidos com objetivo aplicar a coleta seletiva nas cidades do Alto Tietê com a participação organizada dos catadores.

Um acordo de cooperação com a Ancat – Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis foi assinado para formalizar a parceria. O acordo de cooperação entre o Condemat e a Ancat prevê o intercâmbio de conhecimentos, experiências e informações técnicas; a realização de capacitações e programas, assim como ações que visem o desenvolvimento de projetos sustentáveis nas 11 cidades do Alto Tietê.

“Um dos pilares do Plano Regional de Gestão de Resíduos Sólidos é a coleta seletiva e as cooperativas de catadores são parte essencial neste processo visto a necessidade de promover a geração de trabalho e renda e o fomento a economia solidária”, ressalta Daniel Teixeira de Lima, coordenador da Câmara Técnica de Gestão Ambiental do Condemat e secretário do Verde e Meio Ambiente de Mogi das Cruzes. “A Ancat responde hoje pelas cooperativas que atuam na maioria das cidades Alto Tietê e o objetivo é fortalecer e estender essa participação para todos os municípios , já que o trabalho desenvolvido vem servindo de referência”, acrescenta.

“A Ancat ampliou os investimentos na Região neste ano, assim como a assessoria técnica às cooperativas e associações. Na parte financeira, os aportes alcançam R$ 265 mil”, destaca Roberto Laureano da Rocha, presidente da Ancat. “Estamos trabalhando muito a organização documental das cooperativas para que elas possam ter seus serviços contratados por prefeituras e empresas e o que esperamos, a partir desse acordo com o Condemat, é ter um diálogo mais aberto com as prefeituras para avançar nos programas de coleta seletiva específicos de cada cidade”, completa.

Plano Regional

O acordo de cooperação com a Ancat faz parte do Plano Regional de Resíduos Sólidos que está em construção pela Câmara Técnica de Gestão Ambiental do Condemat.  Também está em fase final de articulação a parceria com a Abrelpe – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais, que fará o estudo/diagnóstico dos resíduos no Alto Tietê com os subsídios para apontar as melhores soluções para a Região. O Plano deverá ser apresentado em 2018 e conta com o apoio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente.

 


Navegação