Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Blog Sudeste / “Prefeitura de São Paulo paga catadores por serviços”. SÓ QUE NÃO!

“Prefeitura de São Paulo paga catadores por serviços”. SÓ QUE NÃO!

por Setor de Comunicação MNCR publicado 02/03/2016 12h06, última modificação 02/03/2016 12h06
Prefeitura substituiu coleta privada por cooperativas de catadores, mas ainda não paga o serviço.

No dia 20 de janeiro a gestão Haddad assinou contratos de prestação de serviços com cooperativas de catadores para ampliação da coleta seletiva na cidade de São Paulo. No entanto, as cooperativas receberão apenas subsídio de R$ 6.198,99 mensais por caminhão para executar a coleta porta a porta em regiões onde ainda não há coleta seletiva. O recurso pago garante renda apenas para três catadores que trabalharão no caminhão e não cobre nem mesmo o custo administrativo e impostos relativo a esse serviço.

O Comitê de catadores da Cidade de São Paulo avalia como avanço os novos contratos, mas reivindica pagamento equiparado ao que recebem as empreiteiras que coleta resíduos que não são reciclados. As cooperativas de catadores já provaram sua eficiências na coleta seletiva da cidade em comparação com o serviço realizado pelas empreiteiras Loga e Ecourbis que fazem esse serviço a mais de 10 anos mas não conseguiram passar de 1% o índice de materiais destinados a recicláveis na cidade.

registrado em:

Navegação