Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!

Ferramentas Pessoais

This is SunRain Plone Theme

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Blog Norte / MNCR Amazonas aprova projeto no Fundo Brasil de Direitos Humanos

MNCR Amazonas aprova projeto no Fundo Brasil de Direitos Humanos

por admin publicado 29/06/2021 20h30, última modificação 29/06/2021 20h33
Iniciativa deve fortalecer catadoras e catadores no interior do Estado

O Comitê Regional do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis do Amazonas teve o seu projeto intitulado “CataDireitos: o fortalecimento do Comitê Regional do Movimento Nacional de Catadores para a promoção da reciclagem com inclusão social dos catadores no Amazonas” aprovado pelo Edital 2021 do Fundo Brasil: Seguir com Direitos.
A proposta pretende fortalecer a gestão de resíduos e geração de renda por meio do acompanhamento e formações do comitê junto aos empreendimentos de catadores e catadoras do interior do estado do Amazonas. O projeto terá o investimento de R$ 40.000,00 do Fundo Brasil para o fortalecimento institucional do Comitê Regional do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis do Amazonas.
Para David Guimarães, técnico do MNCR no Amazonas, a proposta permitirá um novo momento para os catadores do estado e dar visibilidade para este segmento ainda tão vulnerabilizados no estado. “A aprovação demonstra o momento técnico, o acúmulo social e a maturidade institucional que o MNCR possui no Amazonas. A aprovação é a certeza que podemos avançar mais ainda na garantia de direitos dos catadores” finaliza o técnico.
Irineide Lima, coordenadora estadual do MNCR no Amazonas, enfatiza que a história de lutas dos catadores no estado sempre foi marcada pela dificuldade de apoio de órgãos públicos para que o movimento pudesse dar visibilidade e fortalecer os catadores. A liderança aponta que o “MNCR/AM não tem recursos próprios para custear nossas despesas e isso impossibilita o avanço mais rápido da nossa categoria. Com a aprovação do projeto temos a garantia de que vamos conseguir chegar aos municípios e realizar o que é de mais importante para este movimento: o fortalecimento da nossa categoria”.
Já Suelen Ramos, coordenadora estadual do MNCR no Amazonas, acredita que esse projeto é crucial para os catadores que ficaram ainda mais vulneráveis após a pandemia causada pela COVID-19 e os retrocessos na política ambiental brasileira, gerando esperança nas organizações de catadores dos municípios do Amazonas.
O Comitê concorrer com cerca de 1.000 propostas e ficou entre as 20 instituições que tiveram seus projetos aprovados e selecionadas pelo comitê do edital 2021 do Fundo Brasil.

Link para a lista de aprovados: https://www.fundobrasil.org.br/edital-2021-seguir-com-direitos-confira-lista-de-projetos-selecionados/

registrado em: norte

Navegação