Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Blog Norte / Catadores de Porto Velho (RO) encaminham reivindicações ao prefeito

Catadores de Porto Velho (RO) encaminham reivindicações ao prefeito

por Setor de Comunicação MNCR publicado 11/12/2015 12h25, última modificação 11/12/2015 12h32
Reunião aconteceu após jornada de mobilização e protesto no Estado de Rondônia

O prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif, reuniu-se com a categoria de catadores de resíduos sólidos, que lhe apresentaram diversas solicitações. A reunião aconteceu na manhã da quarta-feira (09), no Gabinete do secretário municipal de Administração, e contou com presença do vice-governador do Estado de Rondônia, Daniel Pereira, e de secretários municipais e vereadores.

Entre os assuntos, as dificuldades com atravessadores e com as empresas que compram e vendem materiais na região, problemas com o abastecimento de água e limpeza na Vila Princesa, dificuldades financeiras, além de outros pontos.

O prefeito determinou à Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric) a construção de um poço artesiano na Vila Princesa, enquanto as negociações com a Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) avançam. À Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb) incumbiu uma visita à Vila para programar, junto aos moradores, como proceder com a limpeza de toda a área. Foi também formada uma comitiva, constituída por técnicos municipais da Semusb, Meio Ambiente (Sema), Desenvolvimento Socioeconômico (Semdestur) e por representantes das três associações de catadores existentes no município. A comitiva vai procurar encontrar soluções aos problemas que envolvem a compra e a venda de resíduos sólidos no município e também procurar avançar noutros temas que envolvam as atividades dos catadores em Porto Velho. O prefeito também encaminhou à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) a doação de cestas básicas à categoria, no período das festas de final de ano.  

O secretário Edjales Brito, da Sema, disse que a Prefeitura tem procurado trabalhar em conjunto com os catadores. “A ideia desta reunião é afinar mais as ações. Temos limitações como eles também as têm. Precisamos nos afinar para podermos executar melhor nossas tarefas. Eles passam agora a trabalhar diretamente conosco na comissão que está sendo criada e que vai encaminhar os principais assuntos a serem resolvidos, como também poderão avaliar os resultados obtidos”, afirmou. 

Para Eduardo Damião, secretário da Semusb, a nova comissão vai retomar uma atividade a qual os próprios catadores deixaram de comparecer. “Vamos retomar as reuniões que já aconteciam na Semusb. Existia já um trabalho que vinha sendo feito em comum, mas as coisas não evoluíram conforme esperávamos, de forma que vamos agora retomar as reuniões para podermos avançar”, explicou.

Os participantes elogiaram a reunião acontecida. “Para mim, o encontro com o prefeito foi muito bom. Algumas coisas estavam travadas e agora, creio, vão poder deslanchar novamente. Vamos colocar as resoluções das salas de reunião em prática, no campo. Acredito que poderemos avançar”, disse Anacleto de Andrade, mais conhecido por Bahia.

Também Iris da Silva, há muitos anos na atividade de catadora, disse ter visto como positiva a reunião. “Já havíamos nos reunido com o prefeito antes, no Teatro Banzeiros. Foi também uma reunião muito boa, só que, infelizmente, as coisas não se encaminharam conforme todos esperávamos. Temos, por exemplo, o problema com as empresas que compram materiais de fora da nossa região. Elas pagam mais caro do que o que nós podemos oferecer. A Prefeitura vai nos ajudar agora nessas negociações. Vamos tentar juntos entender o que ocorre realmente, a fim de solucionarmos essas dificuldades”, observou.

registrado em:

Navegação