Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Blog Nordeste / Marcha dá visibilidade aos catadores/as do Ceará

Marcha dá visibilidade aos catadores/as do Ceará

por Jeane Freitas/Cáritas — publicado 16/10/2012 18h23, última modificação 16/10/2012 18h23
Catadores cearenses lutam pela implatação da coleta seletiva solídária

“Há quem diga olé, olé, olé, olá, catador de norte a sul e de acolá, nessa marcha sem parar,

caminhar é resistir, e se unir é reciclar” . O hino nacional dos catadores/as acompanhado de batucadas e palavras de ordem marcaram a 1ª marcha organizada pelos catadores/as de material reciclável na localidade de Quixeré, distante 218 km da capital cearense no último dia 10 de outubro. A quarta marcha da região Jaguaribana seguiu pelas ruas e praças da cidade até a Câmara Municipal onde aconteceu uma audiência pública. A marcha concentrou cerca de 200 catadores/as.

Na câmara estavam além das representações dos catadores de Russas, Limoeiro do Norte, Tabuleiro do Norte, Quixeré, Fortaleza, Pacatuba, Crato e Juazeiro do Norte, representantes da Rede de Catadores de Resíduos Sólidos do Estado do Ceará. O prefeito eleito do município também estava presente como párocos da Igreja de Quixeré, representantes do Sindicato dos Trabalhadores/as Rurais do município, Secretário de Meio Ambiente de Tabuleiro do Norte, equipe técnica da Cáritas Regional, Limoeiro do Norte, Crato, dentre outros representantes das comunidades que moram próximas ao lixão de Quixeré.

Os/as catadores/as entregaram carta de reivindicação com pauta extensa que exigia que os materiais recicláveis fossem destinados às cooperativas ou associações de catadores; valorização e reconhecimento da categoria; garantia na política municipal de resíduos sólidos, dentre outras propostas. Uma reunião foi agendada para o próximo dia 31 de outubro para discutir além da carta de reivindicação, as problemáticas provindas do lixão e a proposta de coleta seletiva dos catadores em parceria com a prefeitura municipal.

Para Dellany Oliveira, agente técnica da Cáritas Regional Ceará, avalia que até agora as marchas tem sido satisfatórias, “pois publiciza o trabalho desenvolvido pela categoria de catadores, dá visibilidade ao Movimento, envolve e motiva os parceiros, sensibiliza a comunidade, e o mais importante, é que favorece aos grupos de catadores a troca de experiências, o companheirismo, a solidariedade”, relata.

Ela ainda ressalta que a marcha abriu espaço para catadores/as que nunca haviam participado de atividade como essa. “Havia ali catadores que nunca tinham participado de um evento desses, que não conheciam a luta do movimento e os seus direitos, e principalmente, que não se identificavam enquanto trabalhador. Posso dizer certamente que foi plantada uma sementinha dentro de cada um deles. O objetivo maior é acender a chama do Movimento de Catadores no Ceará", confirmou.

A marcha reuniu catadores/as de materiais recicláveis do Estado do Ceará, representantes do Movimento Nacional de Catadores/as, simpatizantes da luta, apoiadores e parceiros.

O evento foi realizado pelo Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR), do grupo de catadores/as de Materiais Recicláveis (Rua e Lixão) de Quixeré, da Associação de Catadores de Russas e Limoeiro do Norte, Cáritas Diocesana de Limoeiro do Norte em parceria com diversas instituições dentre elas a Cáritas Ceará.

 

Outras marchas

Está prevista para a primeira quinzena de novembro, a I Marcha Estadual dos Catadores de Materiais Recicláveis do Estado do Ceará, que acontecerá em Fortaleza. Para janeiro de 2013, está prevista a I Marcha dos Catadores de Materiais Recicláveis da Região do Cariri sem local e datas ainda confirmados.

registrado em:

Navegação