Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Blog Sul / Uniciclar assina novo contrato de Coleta Seletiva Solidária em São Leopoldo - RS

Uniciclar assina novo contrato de Coleta Seletiva Solidária em São Leopoldo - RS

por MNCR-RS — publicado 26/06/2015 11h25, última modificação 26/06/2015 15h16
UNICICLAR ampliará a coleta solidária melhorando o atendimento

Depois de muitos anos de luta, passado um ano do primeiro contrato, a cidade de São Leopoldo assinou ontem(dia 25/06/2015) o novo contrato de prestação de serviços de coleta seletiva com as cooperativas de catadores da cidade, sendo que iniciou timidamente, com poucos recursos, mas que já nos primeiros meses a sociedade viu a melhora, tanto no serviço quanto no reconhecimento e valorização das catadoras de materiais recicláveis. Para Pedro Santos, Coordenador Geral da Uniciclar "a sociedade, no inicio dos trabalhos à dois anos, também desconfiava nosso serviço, porém quando inciamos os serviços, rapidamente ela aderiu e começou a apoiar, tanto que hoje somos fundamentais neste serviço e a prova é a assinatura deste novo contrato".

Com o nome de Coleta Seletiva Compartilhada, em São Leopoldo, trouxe uma nova realidade para as cooperativas de catadores responsáveis pela execução do serviço. A Prefeitura contratou as cooperativas Univale, Uniciclar, Cooperfeitoria, Nova Conquista, Aturói Vitória, Loteamento Santo Antônio e Mãos dadas, em 1º de julho de 2014, para realizarem o trabalho, que antes ficava a cargo de uma empresa. À frente deste serviço a partir desta data, as cooperativas aumentaram o número de cooperados, obtiveram maior renda das famílias e melhoraram suas estruturas. O saldo foi comemorado pelo titular da Secretaria de Serviços Públicos, Charles Pierre, juntamente com os representantes das sete cooperativas no ato de assinatura de renovação do contrato realizado nesta quinta-feira (25). 

"Está valendo muito apostar porque o resultado que estão mostrando não é fruto do meu trabalho é do trabalho de vocês. Não é simples sair com a equipe, bater de porta em porta, mas como era antes não dava para ficar. Quase diariamente recebíamos reclamação de que não havia material", lembrou Pierre. Segundo o secretário, a Sesp auxilia as cooperativas na parte administrativa e no planejamento. "A Prefeitura deu a oportunidade e as cooperativas fizeram um excelente trabalho", frisou.

O diretor financeiro da cooperativa Uniciclar, Fábio Limas, afirmou que São Leopoldo é reconhecido como um dos municípios do estado com melhor gestão da coleta seletiva, que permitiu as catadoras e catadores a se organizarem melhor,inclusive apoiando a sociedade gaúcha, levando seus avanços a outros municípios. "Participamos da construção do plano estadual de gestão de resíduos e também do Encontro Nacional dos Prefeitos de Gramado e temos o reconhecimento pelo trabalho realizado com as cooperativas", destacou. 

O presidente da cooperativa Aturói Vitória, Luís Carlos da Silva, afirmou que a realidade mudou bastante. "O nosso local de trabalho era péssimo, não tinha teto nem piso. Perdemos vários projetos por não ter local próprio para receber equipamentos. Agora estamos bem melhor instalados em uma estrutura adequada para o trabalho", enfatizou.

A prefeitura apresentou as melhoras nos serviços de coleta, que foi muito comemorada pelo público presente sendo que ao final houve o ato de assinatura do novo contrato.

Além de organizar a nossa cooperativa, pudemos com estes avanços contribuir e fortalecer a Central de Cooperativas dos Catadores de Materiais Recicláveis de Porto Alegre e Região Metropolitana - Rede Catapoa, que é fruto da organização do MNCR na região e que tem avançado em contratos para a prestação de serviços em grande geradores.

"Provamos a nossa capacidade enquanto catadores, realizando  uma coleta eficiente, com grande qualidade onde os precursores da coleta são as catadoras e catadores, que valorizados melhoraram junto, as suas condições de vida. Nossa sociedade brasileira tem muito que avançar e passos como este, não tem que ser timidos, ao contrário, velozes e fortes, porque todo mundo sai ganhando" comemora Pedro Santos da Uniciclar.


Navegação