Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Blog Sul / Catadores de Santa Catarina reivindicam estrutura de apoio

Catadores de Santa Catarina reivindicam estrutura de apoio

por Nei Manique — publicado 15/06/2015 15h53, última modificação 15/06/2015 15h53
Investimento em pavilhão próprio reduzirá custos com destinação do lixo doméstico

Triagem nas coletas seletivas e construção de um espaço próprio foram as reivindicações apresentadas por dezenas de catadores na manhã desse sábado em Criciúma. A manifestação diante da Catedral São José foi organizada pelo Fórum Lixo e Cidadania e contou com representantes da categoria de outros municípios, entre eles Rio do Sul e Apiúna.

O fórum tem o apoio da Cáritas, Unesc, Ong Minha Rua, Cras Tereza Cristina, Banco do Brasil, Associação Criciumense de Catadores e Cooperativa dos Trabalhadores de Materiais Recicláveis. De acordo com o coordenador Adonai Pacheco Teixeira, as duas entidades possuem instalações provisórias. "A prefeitura paga o aluguel para a Acrica e a Ctmar funciona numa dependência da Unesc", relatou.

Os catadores são reconhecidos por lei como prestadores de serviço com base na política nacional de resíduos sólidos. Em Criciúma, o material é coletado e repassado aos trabalhadores pela Famcri. "Infelizmente, parte do volume ainda vem com lixo doméstico", acrescentou Adonai. "Um pavilhão próprio irá qualificar a atividade e custará menos para o município, hoje forçado a pagar caro para enterrar o lixo em Içara."

 

 

registrado em:

Navegação