Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Blog Centro-oeste / MNCR reúne-se com governador do Distrito Federal para reivindicar inclusão social

MNCR reúne-se com governador do Distrito Federal para reivindicar inclusão social

por Setor de Comunicação MNCR publicado 19/10/2017 16h05, última modificação 19/10/2017 17h03
Colaboradores: Fotos: Tony Winston/Agência Brasília
Governo garantiu que estudará pedido de prorrogação do fechamento do lixão

Diante da eminência no fechamento do maior lixão da América Latina, marcado para o dia 31 de dezembro deste ano, o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR, buscou o diálogo com o Governador Rodrigo Rollemberg para garantir que as catadoras e catadores de materiais recicláveis sejam incluídas socioeconomicamente antes do fechamento definitivo do lixão, além de ampliar a parceria do Governo Distrital para a realização da EXPOCATADORES 2017.

Após agradecer a recepção da delegação nacional do MNCR, vinda de vários estados brasileiros, Roberto Laureano, presentante do MNCR, declarou que “além do apoio a Expocatadores, gostaríamos que tivesse a ampliação do prazo do fechamento dos lixões para que nenhum companheiro seja excluído”.

O governador Rollemberg e seus secretários informaram que já tem 4 cooperativas contratadas que executam a coleta, triagem e destinação dos resíduos de 5 cidades do distrito federal, além de outras seis com contratos de triagem dos resíduos, colocando a disposição do MNCR o apoio as catadoras e catadores. “Quero muito que Brasília seja exemplo de sucesso na ampliação do papel dos catadores. Meu sonho é que um dia todo o serviço seja feito pelo catador”, disse Rollemberg.

No entanto, há reclamação dos Catadores por acharem que o contrato não paga um valor justo para as cooperativas e não paga todos os custos permitindo valorização da renda. 

O prazo de ampliação do lixão será estudado pelo governo em reunião a ser realizada amanhã, e logo quando definirem informarão ao MNCR. “Entendo a preocupação de vocês e para um bom entendedor, meia palavra basta”, respondeu o governador sobre o pedido do MNCR.

Estiveram presentes na reunião catadores dos estados do Distrito Federal, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Alagoas, Natal e Rio Grande do Sul.

“A reunião foi esperançosa no sentido de prorrogação do prazo para fechamento do lixão, visto que a proposta de inclusão dos Catadores não esta efetivada”, declarou Aline de Souza, representante do MNCR e Catadora do Distrito Federal.

Daqui há três dias o Governador se reunirá com as lideranças do lixão para dar uma resposta definitiva sobre o pedido de inclusão social.

 

registrado em:

Navegação