Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Artigos / MNCR luta por contratação pública pelos serviços

MNCR luta por contratação pública pelos serviços

por mncr — última modificação 28/03/2011 15h30
Poder público local não cede e organzações passam dificuldades

A Cooperativa dos Catadores Agentes Ecológicos de Canabrava (CAEC), situada em Pirajá, em Salvador (BA), é mais uma base do MNCR que está lutando para que a prefeitura local possa dar atenção à lei de saneamento ambiental, que concede às cooperativas de catadores o direito à contratação direta para a prestação dos serviços de coleta seletiva no município.

Segundo o cooperado Ubiratan Santa Bárbara, da Comissão Nacional do MNCR, a base do CAEC também está sentindo os efeitos da crise internacional, que acaba refletindo na comercialização dos materiais recicláveis e, conseqüentemente, na renda dos catadores, já que o valor dos materiais vendidos caiu drasticamente.

Para ele, apesar dos esforços em dialogar com o poder público, a prefeitura local não está muito interessada em colaborar, deixando aos catadores a alternativa de continuarem trabalhando duro para driblar a crise, até que se consiga um entendimento para essa questão da contratação pública, pois, os catadores não podem parar e ficar esperando a boa vontade da prefeitura.

A CAEC ficou em primeiro lugar no Prêmio Valores do Brasil, instituído em comemoração aos 200 anos do Banco do Brasil. A CAEC é integrante do Projeto Rede Cata Bahia.

A cooperativa foi selecionada na categoria Geração de Trabalho e Renda. Ao todo, participaram 334 projetos, inscritos em todo o Brasil, onde foram selecionados por um júri independente, formado pela UNB.

Setor de Comunicação MNCR

registrado em:

Navegação