Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Artigos / Assinatura da linha de credito do BNDES para Cooperativas de Catadores

Assinatura da linha de credito do BNDES para Cooperativas de Catadores

por mncr — última modificação 24/03/2008 18h06
Cooperativas de catadores assinam financiamento com o BNDES

Algumas cooperativas ligadas ao MNCR assinaram nessa segunda-feira, no Rio de Janeiro, o financiamento a fundo perdido da BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Os recursos são oriundos do fundo social do banco e foram disponibilizados por meio de edital público. A iniciativa é o atendimento de parte das reivindicações do MNCR para a criação de postos de trabalho no seguimento de catadores. Em acordo firmado entre o movimento e o Governo Federal aprovou-se o atendimento a necessidade de investimento em infra-estrutura para cooperativas de catadores de todos o Brasil para ampliação e sustentabilidade das organizações existentes, proporcionando a integração de novos cooperados e a criação de novas organizações. Nesse sentido espera-se criar 40 mil novos postos de trabalho nas cooperativas e associações de catadores com um investimento na ordem de 170 milhões de reais, e seriam usados para compra de caminhões, prensas, carrinhos, esteiras, galpões, entre outros equipamentos. Segundo o estudo o investimento na infra-estrutura das organizações de catadores fará com que a renda mensal dos catadores passe de cerca de 140 reais (média Nacional) para 450 reais mensais. Os recursos do BNDES são parte desse montante e só atendem a cooperativas.

O atendimento a demanda de postos de trabalho foi possível após a realização de um estudo inédito no Brasil sobre o custo para criação de um posto de trabalho para o seguimento dos catadores executado pelo departamento de economia da Universidade Federal da Bahia. O estudo foi encomendado pelo Movimento Nacional dos Catadores e traçou um perfil Nacional dos catadores e suas organizações. A partir do estudo foi possível constatar que o investimento para a criação de um posto de trabalho na coleta seletiva é um dos menores do mercado e trazem diversos benefícios para a sociedade, como por exemplo, a limpeza das cidades e a preservação do meio ambiente.

Os financiamentos do BNDES são recursos não reembolsáveis, contudo, muitas cooperativas ainda reclamam da grande burocracia do banco para a seleção de projetos, assim como as associações de catadores que não podem participar dos editais de seleção fazendo com que o número de organizações beneficiadas seja reduzido.

 

Setor de Comunicação MNCR


Navegação